TECA B – TREINAMENTO DE EMERGÊNCIAS CARDIOVASCULARES BÁSICO

TECA B – TREINAMENTO DE EMERGÊNCIAS CARDIOVASCULARES BÁSICO

Na vigência de uma parada cardiorrespiratória (PCR), a realização imediata da ressuscitação cardiopulmonar (RCP), inclusive apenas com compressões torácicas por socorristas leigos da comunidade no pré-hospitalar, contribui sensivelmente para o aumento das taxas de sobrevivência das vítimas de parada cardíaca.

O maior desafio é ampliar o acesso ao ensino de RCP, estabelecer processos para a melhora contínua de sua qualidade, além de minimizar o tempo entre a RCP e a aplicação do primeiro choque.

Cerca de 60 a 80% dos ritmos de PCR no âmbito pré-hospitalar ocorrem em fibrilação ventricular (FV). O sucesso da ressuscitação está intrinsicamente relacionado a uma desfibrilação precoce, idealmente dentro dos primeiros 3 a 5 minutos após o colapso. A cada minuto transcorrido do início do evento arrítmico súbito sem desfibrilação, as chances de sobrevivência diminuem em 7 a 10%1, 2. Com a RCP, essa redução é mais gradual, entre 3 e 4% por minuto de PCR3,4,5.

Programas internacionais de RCP e desfibrilação externa automática precoce realizada por leigos com taxas de sobrevivência da ordem de 49 a 74%6,7,8 podem servir de modelo para melhorar o manejo da parada cardíaca em outras comunidades.

Portanto as ações realizadas durante os minutos iniciais de atendimento a uma emergência são críticas em relação à sobrevivência da vítima. O suporte básico de vida (SBV) define essa sequência de ações para salvar vidas. Por mais adequado e eficiente que seja um suporte avançado, se as ações de suporte básico não forem realizadas de maneira adequada, será extremamente baixa a possibilidade de sobrevivência de uma vítima em situação de emergência.

O suporte básico de vida deve ser realizado para qualquer pessoa que apresentar uma das quatro situações de emergência:

  • Infarto Agudo do Miocárdio
  • Parada Cardiorespiratória
  • Acidente Vascular Encefálico
  • Obstrução de Vias Aéreas

  • Temas abordados

  • Identificar as situações de emergências em adultos e crianças;
  • Fortalecer a corrente de sobrevivência em adultos e crianças;
  • Desenvolver as habilidades motoras para realizar ressuscitação e desobstrução de vias aéreas (engasgo) em adultos e crianças;
  • Difundir os princípios de acesso público à disfibrilação;
  • Usar com segurança o desfibrilador externo automático DEA.

  •  
    Os assuntos relacionados acima são expostos em aulas teóricas, práticas e em estações práticas com manuseio em manequins, desfibriladores e etc.

    Duração do curso
    Em média 8 horas (um dia)

    Horário
    Das 8h às 17h

    Público alvo
    Profissionais da área da saúde e Segurança: Enfermeiros, Téc. de Enfermagem, Fisioterapeutas, Dentistas, Professores de Ed. Física etc.

    Investimento (somente para cursos abertos no calendário)
    Sócio: R$ 350,00
    Não-sócio: R$ 400,00
    Valores para cursos In Company, somente sob consulta com o setor comercial (21) 3478-2742.

    A SBC ministra cursos em qualquer região do Brasil, entre em contato para mais informações.

    Atenção
    *Após fazer sua inscrição on-line, você deverá enviar para o e-mail cursos@cardiol.br o comprovante de conclusão de curso do seu conselho.

    Material Didático
    Livro em português para estudo;
    Carteirinha de Certificação (entregue no ultimo dia do curso caso aprovado)

    Você receberá o material didático e informações essenciais para o curso em até 10 dias úteis em sua residência após a CONFIRMAÇÃO do pagamento pelo setor financeiro.

    Calendário do TECA B

    Aguarde confirmação das próximas datas.